BLOG DO PÍLULAS JURÍDICAS

A importância do Marketing na prosperidade dos negócios, mesmo na atual crise econômica.


Rogério Torres Nunes

CEO - Criatividade Coletiva


A atual crise econômica, reflexo das políticas de restrições nas atividades econômicas nos mais diversos segmentos, resultou na quebra de paradigmas em toda nossa sociedade e enormes dificuldades na adaptação das pessoas e negócios para essa nova realidade imposta.


Diante deste cenário o marketing se torna um conhecimento essencial para adaptabilidade das empresas, no entanto, infelizmente essa área geralmente é negligenciada ou pouco compreendida em muitas empresas de pequeno e até de médio porte. Em muitos casos se confunde o marketing com atividades de divulgação, promoção ou publicidade, mas não se trata somente disso, o marketing vai muito além.


Mas porque o marketing é importante no enfrentamento de crises como a que estamos vivenciando ?


O Marketing é a atividade responsável por elaborar estratégias para identificar, criar e atender desejos e necessidades do público-alvo do negócio. Entendendo este conceito passa a ficar mais claro que o marketing é muito mais amplo do que o senso comum o define, e fica mais fácil entender, planejar e aplicar esse conhecimento no dia-a-dia dos negócios, e desta forma “mudar o jogo” a favor da empresa. É a melhor forma de ficar imune a crises e manter o negócio em constante crescimento sustentável, assegurando sempre a rentabilidade e o desejado retorno sobre o investimento.


Mas como o Marketing consegue fazer tanta diferença assim ?


Em muitos negócios que se encontram com o desempenho abaixo do esperado ou em estado falimentar é comum identificar a falta do uso adequado das estratégias de marketing, que significa ter um domínio sobre as seguintes informações.


Para quem estamos vendendo? (Público-alvo)


Quais são as dores e problemas do meu público-alvo?


Quais são os desejos e necessidades que irão resolver a dor e o problema do meu público-alvo, e como minha empresa pode atender de forma eficiente e lucrativa dentro das capacidades internas?


Quem são meus concorrentes e em que aspectos eu consigo me diferenciar para assegurar minha fatia de mercado?


Quais são as variáveis externas (mercado) e internas (capacidades e conhecimentos) que irão afetar meu negócio no futuro?


Estas são algumas perguntas que ao serem feitas em negócios com dificuldades revelam os equívocos e levam aos caminhos virtuosos para corrigir o rumo e “mudar o jogo” da empresa.


É possível entender por exemplo que uma empresa está vendendo para um público muito amplo e por isto não se consegue efetividade, e apenas uma mudança de foco para um nicho bem específico por meio da identificação do comprador ideal pode mudar completamente o resultado.


Em outras situações a empresa vende um produto que entende ser o ideal mas pode descobrir novas formas de vendê-lo que antes nunca tinha sido imaginado, e neste caso podemos ver claramente essa estratégia sendo adotada atualmente no enfrentamento da atual crise do COVID-19 que obrigou as empresas a se reinventarem buscando saídas no meio online.


Há cenários cujo o problema é a competitividade da oferta da empresa frente aos seus concorrentes, nestes casos é necessário calibrar a oferta criando diferenciais competitivos no design, no desempenho do produto, no conteúdo gerado sobre o produto, no envolvimento e conexão com o público por meio da geração de conteúdo, programa de fidelidade, atendimento e pós-venda premium, na otimização cuidadosa da página de venda (landing page) embarcando os argumentos de venda de forma clara e objetiva, nas condições de pagamento, na logística, e em outros aspectos que conjuntamente irão formar o diferencial competitivo.


Na área de divulgação os problemas de não trabalhar com estratégia de marketing resulta na falta de resultados de venda. Sem a compreensão do público-alvo a empresa geralmente faz uma campanha muito ampla, incompatível com o perfil desejável, e quando consegue chegar no público com dificuldades sua oferta é fraca e/ou sua página de venda é confusa e desinteressante. Tudo isso pode minar seriamente a divulgação e os resultados, frustrando o desejado retorno sobre o investimento dando percepções equivocadas aos gestores como “O mercado está em crise e por isso não se vende”, ou “A culpa é do veículo que estou utilizando que não me traz resultado”, ou “A culpa é do lockdown, ninguém está comprando nada”. Todas estas percepções são incorretas pois o mercado continua funcionando e as empresas que sabem utilizar as ferramentas de marketing estão prosperando mesmo na crise.


Toda estratégia deriva do entendimento de para quem estamos vendendo, e isto posto, passamos a entender que marketing precisa ser pensando antes do produto, e não depois como é o senso comum no mercado, pois precisamos primeiramente entender as dores e problemas do público e desta forma identificar e criar os desejos e necessidades, para depois desenvolver um produto ideal.


Não deixe o marketing do seu negócio negligenciado. A diferença entre o sucesso e a falência está na capacidade da sua empresa lidar com o marketing, portanto, neste tempos incertos de COVID-19 em que muitas empresas infelizmente sucumbiram e ainda irão fechar, entender e dominar o marketing vai “mudar o jogo” do seu negócio, assegurar a sua sobrevivência e elevá-lo a um novo patamar de prosperidade.





Currículo - Rogério Torres Nunes


Rogério Torres Nunes é empresário com expertise em inteligência de marketing para evento e ampla experiência acumulada ao longo de 20 anos de desenvolvimento em mais de 100 projetos nos mais diversos segmentos.


Expersites:


MARKETING ESTRATÉGICO

INBOUND MARKETING

ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS

BRANDING


Experiência Profissional:


Participou da fundação e gestão da agência de publicidade e marketing digital, 2xR Intelligence, durante o período de 2000 a 2006, oportunidade em que contribuiu para realização de mais de 120 projetos para empresas dos mais diversos portes e segmentos, entre as quais se destacam Banco do Brasil, Telemig Celular (atual VIVO), Projeto Oia o Chico, Governo de Minas Gerais, Hispamar Satélites, Telemar (Atual OI) , Sucos Mais, Brfree (Primeiro provedor gratuito do país), LIGBR, Grupo Happynews (Um dos maiores grupos de entretenimento do país), Miss Brasil, MTV Minas, Gestão do Futuro (Evento referência em Minas Gerais no segmento de palestras para executivos) e HomoSapiens (Escola de Planejamento). Em 2006, fundou a agência de marketing digital Criatividade Coletiva, empresa que atua a até hoje como Gestor de Marketing. Neste período desenvolveu diversos projetos e eventos nas áreas de meio ambiente, meteorologia, climatologia, recurso hídricos, engenharia, tecnologia, negócios, turismo, e outros segmentos tais como:


II COMBIO - Congresso Mineiro de Biodiversidade (O maior evento do gênero no estado de Minas Gerais que contou com a participação de mais de 10 mil pessoas); ENCOB - Encontro Nacional de Comitês Bacias Hidrográficas (Evento referência na temática de Comitês de Bacias Hidrográficas - 2009 a 2019 - 10 edições realizadas em todo país); Comenda Ambiental Estância Hidromineral de São Lourenço 2010 e 2011; Portal da SBMET - Sociedade Brasileira de Meteorologia (2006 a 2016); RBMET - Revista Brasileira de Meteorologia (Acervo com mais de 10 mil artigos científicos da mais importante publicação científica na área de meteorologia, referência internacional); CBMETs - Anais do Congresso Brasileiro de Meteorologia (Acervo de mais 20 mil artigos); CBMET - Congresso Brasileiro de Meteorologia (XIV CBMET 2006, XVI CBMET 2010, XVIII CBMET 2014, XIX CBMET 2016); SIC - Simpósio Internacional de Climatologia (II SIC - 2007, III SIC - 2009, IV SIC 2011, V SIC 2013, VI SIC 2015 e VII SIC 2017); Equipousada 2012 (O maior evento de Hotelaria e Food Service do Litoral de São Paulo); REBOB - Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas (2012 até hoje); RELOC - Rede Latino-americana de Organismos de Bacias Hidrográficas (2012 até hoje); RIOB 2013 - Assembleia Geral Mundial da Rede Internacional de Organismos de Bacias Hidrográficas; Segurança Hídrica 2014 (Ciclo de eventos que promoveram importantes debates da área de Recursos Hídricos - Brasília (Agricultura), Maceió (Saneamento Básico) e Foz do Iguaçu (Energia)); Fórum Visão de Futuro Áquila 2015 (Evento referência em gestão empresarial em Minas Gerais); SED RURAL SC 2015 - Seminário Estadual de Desenvolvimento Rural SC 2015; I FASEST 2015 - Fórum Amazônico de Saúde, Segurança do Trabalhador e Recursos Humanos; Campanha Vencedora da Candidatura do Brasil para receber o 8th World Water Forum; 1o PrefTech (Soluções para Prefeituras); I Workshop Eletromet 2014 (Evento que discutiu os impactos da meteorologia no sistema elétrico brasileiro); CTCEC - Congresso Técnico-científico de Engenharia Civil, eventos realizados na área de engenharia civil na região sul (2o CTCEC 2015, 3o CTCEC 2017 e 4o CTCEC 2019); Fórum Inovação Social, Eficiência e Produtividade Empresarial 2014 (Evento realizado pelo jornal Valor Econômico, Grupo Hitachi e FIEMG); Tempo de Aprender em Clima de Ensinar (Projeto de ensino de climatologia e meteorologia para alunos no ensino médio) 2016 até hoje; 9o e 10o Seminário de Modernas Técnicas Rodoviárias (2016 e 2018) (Evento referência no segmento de construções rodoviárias); Workshop SUEZ sobre Re-uso de Águas e Eficiência Energética nos Processos Industriais na FIEMG - Federação das Indústrias dos Estado de Minas Gerais); Rede Global de Gestão Participativa da Água - Construção de uma plataforma informacional Global com o acervo de experiência de boas práticas na área de Gestão de Recursos Hídricos premiados pela ONU; ENMET RJ - Encontro de Meteorologia do Estado do Rio de Janeiro (IV ENMET RJ 2016 e V ENMET RJ 2017); ENMET SC - Encontro de Meteorologia do Estado do Santa Catarina (I ENMET SC 2017 e II ENMET SC 2019); COMBATE A INCÊNDIO 2018 - Seminário Nacional de Engenharia e Segurança de Prevenção e Combate à Incêndio nas Edificações Comerciais e Residenciais; ENERGIAS ALTERNATIVAS 2018 - Seminário Nacional de Gestão e Oportunidades no Desenvolvimento de Fontes de Energias Alternativas; REUSO DE ÁGUA - Workshop Gestão e Reuso de Água na Indústria (Edições 2018 e 2019); COMDES - Comitê Metropolitano para o Desenvolvimento da Grande Florianópolis; BIGDATA 2017 - Organização do evento que discutiu os caminhos da tecnologia de Bigdata no Brasil; FOTOVOLTAICA 2017 - Evento promovido pela Quantum Engenharia para promover o uso da energia Fotovoltaica; SC EXPERIENCE - Evento que reúne especialistas renomados de grandes empresas e do governo para apresentar e debater temas na área de Cibersegurança, Gestão, Governança e Compliance em Segurança da Informação. Gestão Participativa e Social da Água – A sociedade compartilhando tecnologias locais (Nordeste, Sul e Sudeste); Proyeto EcoCuencas - Plataforma Informacional para discussão do impacto das mudanças climáticas nas Bacias Hidrográficas da América Latina; RODO 2017 - Simpósio de Reavaliação da Engenharia Rodoviária; WMO 2017 - Seventh International WMO Symposium on Data Assimilation; DRONE SC - Workshop de emprego dos DRONES nas engenharias, no setor público e privado (1º DRONE SC 2018 e 2º DRONE SC 2019); NORMAS TÉCNICAS 2018 - Seminário Nacional Normas Técnicas/Reflexos na Segurança das Atividades de Engenharia; LED 2018 - Curso de Capacitação Técnica “Conceitos avançados para Aplicação da Tecnologia LED; Revista da ACE - Edições Nº 145,146 e 147; MOBILIDADE FLORIPA 2019 - Seminário de Transporte, Logística e Mobilidade Urbana; LAMET/UENF - Laboratório de Meteorologia; SEGURANÇA ALIMENTAR 2019 - Seminário Nacional de Segurança de Alimentos / A Responsabilidade e o papel das Engenharias neste contexto; DP ENERGIA 2019 e DP NOVA LEI DE LICITAÇÃO - Debate público da PL 6814/2017 - Nova Lei de Licitação; NÁUTICA FLORIPA 2019 e 2020 - Seminário de Conscientização dos Transportes Marítimos e Mobilidade Urbana; PÍLULAS JURÍDICAS - Decodificando o Jurisdiquês; 8º Fórum Mundial da Água - Oficina de Integração de Organismos de Bacia da América Latina; Minas Além das Gerais - 300 anos de MG; CBH Urussanga; Festival Internacional de Cultura e Gastronomia de Araxá 2009 e 2010; Seção Brasil - Membros do Conselho Mundial da Água; INFRA SC 2020; ACE - Associação Catarinense de Engenheiros.



Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29).


Este artigo é de inteira responsabilidade dos autores e não reflete a opinião do blog Pílulas Jurídicas sobre o assunto.



17 visualizações0 comentário